Doze mandamentos para que seu filho tenha um bom sono

  1. Estabelecer rotinas desde os primeiros meses de idade.
  2. Estruturar de modo firme o horário para ir para a cama e para acordar pela manhã.
  3. Evitar atividades físicas vigorosas antes do horário de dormir.
  4. Manter um período de intercambio afetivo, como conversar, ler livro, contar histórias antes de dormir. Se a criança quiser, pode ler um livro ou revista na cama sem a presença dos pais.
  5. Colocar a criança na cama acordada; não se recomenda colocar a criança na cama já adormecida.
  6. Uma vez colocada na cama, despedir-se rapidamente da criança, com normalidade.
  7. Pode-se deixar algum objeto na cama da criança, como, por exemplo, uma boneca ou ursinho, para permitir vínculo para dormir novamente se a criança acordar de noite.
  8. Não atender rapidamente diante de qualquer ruído ou movimento que a criança faça durante a noite. Se necessário atender a criança, evitar acender a luz e evitar retirar a criança da cama.
  9. Manter o quarto de dormir em condição agradável: ambiente calmo, sem ruídos, temperatura amena, pouca luminosidade.
  10. A criança não deve dormir com fome, é permitido um lanche ou leite antes de deitar; no entanto, deve-se evitar a ingestão excessiva de líquidos que pode distender a bexiga e atrapalhar o sono, assim como não se deve dar alimentos pesados próximo do horário de dormir. Não se deve dar alimentação ou líquidos durante a madrugada após os seis meses de idade.
  11. Não se recomenda que a criança durma na mesma cama dos pais. A criança deve dormir em sua própria cama e quarto. Se não for possível um quarto para a criança, estabelecer uma divisória com a cama dos pais.
  12. Evitar TV e equipamentos de vídeo-game no quarto da criança.
Departamento de Medicina do Sono da Criança e do Adolescente da SPSP – gestão 2007-2009.
 
Texto atualizado em 9/01/2008.