Café da Manhã com o Professor – Desafios Nutricionais em Recém-Nascidos Prematuros Extremos

Café da Manhã com o Professor – Desafios Nutricionais em Recém-Nascidos Prematuros Extremos

Data: 27 de outubro de 2018 – 08h30 às 12h00

Local: Auditório da Sede da SPSP – Rua Maria Figueiredo 595 – 10ºAnd. CEP 04002-003 – São Paulo – SP

Realização: SPSP – Sociedade de Pediatria de São Paulo

Organização: Diretoria de Cursos e Eventos e D.C. Neonatologia da SPSP.

Coordenadora: Dra. Lilian dos Santos Rodrigues Sadeck

Vagas: 50

Público-alvo: Pediatras

Objetivo: Atualizar os pediatras e neonatologistas sobre os avanços e os desafios sobre a nutrição dos recém-nascidos prematuros extremos.

Inscrições on-line até 22/10/2018 clique aqui
Inscrições no local na dependência de vagas

Certificado de Atualização Profissional: Pontuação para a especialidade “Pediatria” e nas áreas de atuação Infectologia Pediátrica, Medicina do Adolescente, Neonatologia, Administração em Saúde, Alergia e Imunologia Pediátrica.

Inscrição Valor Taxa Valor Total
Associado da SPSP/SBP R$ 40,00 R$ 2,08 R$ 42,08
Não associado da SPSP/SBP R$ 80,00 R$ 3,75 R$ 83,75

 

Taxa de serviços administrativos referem-se aos valores cobrados pela PagSeguro para a emissão de boletos bancários ou para pagamentos por cartões de crédito.

 

   

Programação

08h30 – 09h00 Recepção com café da manhã
09h00 – 10h30 Mesa Redonda – Desafios Nutricionais em Recém-Nascidos Prematuros extremos
Coordenadora: Dra. Lilian dos Santos Rodrigues Sadeck
09h00 – 09h30 Nutrição Enteral e Parenteral
Dra. Helenilce de Paula Fiod Costa
09h30 – 10h00 Avaliação Nutricional até a alta hospitalar
Dra. Lilian dos Santos Rodrigues Sadeck
10h00 – 10h30 Nutrição pós-alta hospitalar
Dra. Marta Maria G. B. Mataloun
10h30 – 10h45 Intervalo – Coffee
10h45 – 12h00 Colóquio: Prematuridade Extrema

Apoio: Mead Johnson

“Este evento recebeu patrocínio de empresas privadas, em conformidade com a Lei nº 11.265, de 3 de janeiro de 2006”. “Compete de forma prioritária aos profissionais e ao pessoal de saúde em geral estimular a prática do aleitamento materno exclusivo até os seis meses e continuando até dois anos de idade ou mais“. Portaria nº 2.051 de 08/11/2001 – MS e Resolução nº 222 de 05/08/2002 – ANVISA