Café da Manhã com o Professor – Cuidados com o Recém-Nascido Prematuro: Minimizando os Riscos

Data: 30 de março de 2019 – 08h30 às 12h00

Local: Auditório da Sede da SPSP – Rua Maria Figueiredo 595 – 10ºAnd. CEP 04002-003 – São Paulo – SP

Realização: SPSP – Sociedade de Pediatria de São Paulo

Organização: Diretoria de Cursos e Eventos e DC.Neonatologia da SPSP.

Coordenadora: Dra. Lilian dos Santos Rodrigues Sadeck

Vagas: 50

Público-alvo: Pediatras

Objetivo: Atualizar os Neonatologistas e Pediatras na abordagem integral dos recém-nascidos prematuros, especialmente os abaixo de 30 semanas de idade gestacional

Inscrições on-line até 25/03/2019 clique aqui

Inscrições no local na dependência de vagas

Certificado de Atualização Profissional: Pontuação para a especialidade “Pediatria” e para a área de atuação Neonatologia a ser divulgadas pela CNA.

 

 

Inscrição Valor Taxa Valor Total
Associado da SPSP/SBP R$ 40,00 R$ 2,08 R$ 42,08
Não associado da SPSP/SBP R$ 80,00 R$ 3,75 R$ 83,75

Taxa de serviços administrativos referem-se aos valores cobrados pela PagSeguro para a emissão de boletos bancários ou para pagamentos por cartões de crédito.

 

 

Programação

08h30 – 09h00 Recepção com café da manhã
09h00 – 10h30 Mesa Redonda – Cuidados com o recém-nascido prematuro: minimizando os riscos

Coordenadora: Dra. Lilian dos Santos Rodrigues Sadeck

09h00 – 09h30 Manipulação mínima sem interferir com a qualidade da atenção

Dra. Lilian dos Santos Rodrigues Sadeck

09h30 – 10h00 Ventilação gentil desde a sala de parto

Dr. Celso Moura Rebello

10h00 – 10h15 Intervalo – Coffee
10h15 – 10h45 Diagnóstico rápido para melhor tomada de decisão

Dr. Daniel Jarovsky

10h45 – 12h00 Colóquio: Cuidados com o recém-nascido prematuro: minimizando os riscos

 

APOIO: ABBOTT

“Este evento recebeu patrocínio de empresas privadas, em conformidade com a Lei nº 11.265, de 3 de janeiro de 2006”. “Compete de forma prioritária aos profissionais e ao pessoal de saúde em geral estimular a prática do aleitamento materno exclusivo até os seis meses e continuando até dois anos de idade ou mais“. Portaria nº 2.051 de 08/11/2001 – MS e Resolução nº 222 de 05/08/2002 – ANVISA