Café da Manhã Virtual com o Professor – Baixa Estatura e Indicações Aprovadas para uso de Hormônio de Crescimento – 04/07/2020

Evento Realizo: 4 de julho de 2020 – Sábado – 09h00 às 11h00

Local: Evento online com transmissão ao vivo, após as aulas os palestrantes responderão as perguntas via chat (Evento gravado vai esta disponível no site SPSP EDUCA)

Realização: Sociedade de Pediatria de São Paulo

Organização: Diretoria de Cursos e Eventos da SPSP e DC de Endocrinologia da SPSP

Coordenação: Dra. Louise Cominato

Objetivo: Discutir as principais indicações aprovadas pela ANVISA (Brasil) para uso de Gh e as controvérsias de cada uma delas

Certificado de Atualização Profissional: Pontuação para a especialidade “Pediatria” e para a área de atuação Endocrinologia Pediátrica a ser divulgadas pela CNA.

Inscrição Valor Taxa Total
Associados da SPSP/SBP inscrições gratuitas, porém obrigatórias Gratuito Gratuito Gratuito
Não Associado da SPSP/SBP R$ 60,00 R$ 3,00 R$ 63,00

 Taxa de serviços administrativos referem-se aos valores cobrados pela PagSeguro para a emissão de boletos bancários ou para pagamentos por cartões de crédito. 

 

Programação
09h00 – 11h00 Mesa Redonda: Baixa estatura e indicações aprovadas para uso de Hormônio de Crescimento.
Dra. Louise Cominato
09h00 – 09h30 Sd de Turner e Sd de prader Willi
Dra. Ruth Rocha Franco
09h30 – 09h40 Discussão e Perguntas
09h40 – 10h10 GH e o Pequeno para idade Gestacional – experiência clínica e evidências.
Dra. Cristiane Kochi
10h10 – 10h20 Discussão e Perguntas
10h20 – 10h50 Baixa estatura idiopática e controvérsias no tratamento.
Dr. Luis Eduardo Calliari
10h50 – 11h00  Discussão final e encerramento

 

Apoio:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Merck-Azul-1024x166.png

“Este evento recebeu patrocínio de empresas privadas, em conformidade com a Lei nº 11.265, de 3 de janeiro de 2006”. “Compete de forma prioritária aos profissionais e ao pessoal de saúde em geral estimular a prática do aleitamento materno exclusivo até os seis meses e continuando até dois anos de idade ou mais“. Portaria nº 2.051 de 08/11/2001 – MS e Resolução nº 222 de 05/08/2002 – ANVISA